Agora que há escassez de água o governo pede para economizar. Mas a economia deve ser uma constante, visto que todos sabem que a água é um recurso finito. Para que a economia seja constante o poder público poderia dar o exemplo, modificando a matriz hidráulica das moradias. A planta hidráulica atual dos imóveis é desenvolvida para o desperdício de água, não há nem um sistema de reaproveitamento. Como por exemplo cisterna para aproveitamento da água da chuva nos condomínios ou caixa d´água para coletar o liquido dispensado pela maquina de lavar. O sistema tem que ser projetado para aproveitar todo esse disperdício, pois a água dispensada mesmo sem tratamento pode ser usada para descarga nos vasos sanitários, para lavar quintal ou regar plantas e jardins.

Enviada por  RosivaldoSimplicio,  27 março 2014  |    Sustentabilidade